Foragido

Mais um foragido da Justiça vai pra Cadeia em Mossoró

Assessoria Policia Civil

ImagemJefferson Max de Oliveira, 27 anos foi preso em casa no Conjunto Abolição II durante uma operação encabeçada pela Delegacia de Homicídios "Dhm" com apoio da Delegacia de Narcoticos, "Denarc", Divisão de Policia do Oeste "Divipoe" e Delegacia de Atendimento a Mulher "Deam".

Jefferson Max, é investigado em homicídios e quando foi preso estava portando ilegalmente uma arma de fogo, drogas, munições e coletes balísticos durante operação da Polícia Civil em Mossoró

A Polícia Civil prendeu na tarde desta sexta feira, 22 de março em Mossoró, um foragido da justiça investigado em dois homicidios na cidade.

Na casa dele foram encontrados, um revorevó calibre 38, uma escopeta calibre 12 de repetição, dois coletes balistbalí, 33 munições calibre 38, quarto cartuchos calibre 12 tres balanças de precisão e maconha.

De acordo com a delegada Liana Aragão, Jefferson é investigado em dois crimes de homicídios em Mossoró. O do motorista de Uber, Marcos Francisco Dantas, encontrado morto dentro do carro no dia 07 de janeiro passado na Estrada da Raiz: Aqui! e o de Cleiton Fábio da Silva Monteiro, morto dentro de uma serraria na Rua Coelho Neto no bairro Alto da Conceição em dezembro do ano passado: AquiImagem

23 de Março de 2019

(3) Comentários

3 Comentários

Esconder formulário
  • Zorro Mossoró
    Há 29 dias
    Os grupos de extermínio estão brigando pra ver quem despacha primeiro esse marginal perigoso: já está na lista negra pra ir pro colo do capeta. Matou trabalhador e pai de família, vai sofrer um pouco no presídio, pra depois morrer feito um cachorro, nas ruas de Mossoró: só assim dará paz pras pessoas de bem da nossa tão sofrida Mossoró.
  • Pedro Costa
    Há 29 dias
    Vacilão :matou motorista de uber...matou trabalhador e em breve vai pagar com a vida o erro. O mundo não perderá nada que preste.