Itep Mossoró

Em 100 dias a equipe de pericia veicular do Itep em Mossoró praticamente limpou o pátio do órgão.

ImagemCerca de 100 veículos, incluindo carros e motocicletas, aprendidos com alguma irregularidade, parte deles que estavam amontoados no pátio do Instituto Tecnico-Cientitico de Pericia, em Mossoró, foram periciados e já liberados para seus proprietários ou a disposição das delegacias responsáveis pelas apreensões.

São veículos que durante as abordagens da policia, apresentaram algum tipo de irregularidade, na numeração ou na documentação. Eles são apreendidos e encaminhados pelas Delegacias de Policia Civil, para verificação da procedência no Itep em Mossoró.

O trabalho de pericia, mesmo de forma muito lenta, já existia, mas no mês de dezembro do ano passado, o perito criminal Eduardo Alexandre, vendo a demanda e necessidade do Instituto, convidou o Assistente Técnico, Júlio Cesar, para auxiliar nos trabalhos de pericia em veículos que chegam diariamente e dá maior celeridade nas pericias e liberação de todos os veículos que estavam amontoados há tempos.

A ideia do perito foi aceita pela Sub-coordenação e hoje, todos os carros que dependiam da pericia, já foram liberados para seus respectivos proprietários. Até os que ainda permanecem do pátio do Itep, já foram periciados e aguardam as respectivas delegacias providenciarem a retirada.

ImagemSegundo Eduardo, em muitos casos os veículos chegam com irregularidades na numeração de chassis, como “remarcação”, por exemplo, mas a equipe tem que identificar que tipo de adulteração foi praticado, e qual a procedência do veiculo.

Em muitos casos, a originalidade do veiculo, “Carro ou Moto” só é possível, com o estudo da metalografia na superfície danificada, que na maioria das vezes é remarcada e/ou danificada.

O trabalho de pericia não só é realizado em Mossoró, Eduardo e seu fiel escudeiro, Júlio Cesar, realizam o mesmo trabalho de pericia em veículos noutras cidades da região.

Apesar das poucas condições de trabalho, mas as únicas oferecidas pelo Instituto, Eduardo e Cesar, comemoram o sucesso da missão que praticamente zerou, limpou, colocou pra fora, devolveu aos seus donos, o máximo de veículos que permaneciam no pátio do Itep há muito tempo, aguardando a pericia.

Outras motocicletas que ainda permanecem no órgão, dependem de pericia, mas estas só podem ser realizadas mediante ofícios das delegacias solicitando a pericia.ImagemImagem

24 de Março de 2019

Homicídios Mossoró

(040ª) Popular é encontrado morto numa estrada carroçável entre a Granja e o Sitio Riachinho na zona rural de Mossoró

ImagemImagemLailson Simão de Lima, 33 anos de idade, morador da Rua Francisco Eronildes da Silva, no bairro Aeroporto é encontrado morto as margens de uma estrada carroçável entre a granja e o Sitio Riachinho, na zona rural de Mossoró. O corpo apresentava cerca de oito ferimentos provocados por disparos de pistola 380 e revolver calibre 38 e foi encontrado por um popular que acionou a Central de Operações da Policia Militar.

A ocorrência foi registrada na Central de Operações da Polícia Militar por volta das 10h da noite de hoje, 23 de março. A vitima não portava documentos de identificação e só foi identificada n manhã de hoje, no Setor de Medicina Legal do Itep. Segundo o Delegado Roberto Moura, Lailson foi morto no local onde o corpo foi encontrado, mas existem indícios que o mesmo tenha recebido os primeiros tiros noutro local.

Roberto Moura, que acompanhou os trabalhos de pericia, acredita que os tiros na cabeça da vitima foram dados com ele já caído. A equipe pericial localizou ferimentos nas pernas e na cabeça.

O jovem apresentava uma lesão recente na região do abdômen e usava uma bolsa de colostomia.

Depois dos procedimentos realizados pela equipe de plantão no Itep o corpo de Lailson Simão de Lima foi removido para exames. na Unidade Regional do Itep em Mossoró.

Atualizada as 08h, 24 de marçoImagem

24 de Março de 2019