• Homicídios
  • 12 de Julho de 2017 - 17:32hs

Motorista é morto a tiros no estacionamento da Universidade Potiguar em Mossoró

Francisco Marinho Nogueira, de 42 anos é a 130ª Morte violenta em Mossoró em 2017; Policia acredita em falha na segurança

Imagem
Francisco Marinho Nogueira, foi morto no Estacionamento da Unniversidade Potiguar em Mossoró

Mais uma morte provocada por disparo de arma de fogo foi registrada no final da tarde de hoje, 12 de julho, na cidade de no Oeste do Rio Grande do Norte.

O motorista, como Francisco Marinho Nogueira, de 42 anos de idade, que transporta estudantes da cidade de Areia Branca para Mossoró, foi morto dentro do estacionamento da Universidade Potiguar, na Avenida João da Escossia, no bairro Nova Betânia.

Dois vigilantes que trabalham nos portões de acesso ao estacionamento, não viram nada do crime, mas disseram a polícia que dois criminosos chegaram por um portão, nos fundos do estacionamento. Depois do crime, segundo os seguranças, os criminosos pularam o portão e fugiram pelo matagal.

Duas informações que chegaram a polícia e podem ajudar a identificar e prender os criminosos.

Há poucos dias o motorista foi vítima de uma tentativa de assalto e teria jogado o ônibus para cima dos criminosos que teria prometido vingança.

A outra informação, também comentado no local, depois do crime, dois elementos teriam chegado na favela do Ouro Negro, lamentando a morto de Francisco Marinho. Eles comentaram que queriam apenas dar um susto no motorista, que segundo informações, estava deitando descansando ao lado no veículo.

Galeria

6 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  • Anônimo Há 2 meses

    Aí tenha pena de bandido, o rapaz trabalhando para sustentar sua família vem uma ingua dessa e tira vida dele.

  • Anônimo Há 2 meses

    A polícia tem seu serviço de inteligência com certeza vai descobrir.

  • Revolta Há 2 meses

    Cara revoltante não da mais pra aceitar tanta morte de gente de bem. Acorda polícia mesmo sem ter o reconhecimento q vcs merecem pelo governo e por parte da população, vamos agir meter bala nesses delinquentes q não contribuim em nada na sociedade . E fé em Deus

  • Carlos Batista Há 2 meses

    Caos na segurança do RN.

  • Carlos Batista Há 2 meses

    Caos na segurança do RN.

  • Lydiane Há 2 meses

    Aí eu me pergunto cadê a segurança? Se fosse uma faculdade pública e que não tivesse recurso para segurança, ainda sim, não seria justificado o ocorrido. Sabe onde os "seguranças" ficam? vigiando se os alunos vão estacionar na vaga de carro. Ao invés disso, deveriam estar fazendo o que de fato é o seu trabalho. A ronda existe para ser feita. Sem falar que a segurança não é armada. Aí eu me pergunto para que serve... Independente do que de fato aconteceu, se o motorista era isso ou aquilo, a falha está na instituição que não dispõe de um serviço de segurança de qualidade, onde esperou acontecer o pior para fechar os portões. E se fosse um de nós, alunos? Qual seria a desculpa que ia ser dado a mídia? Sem esquecer que já houve vários assaltos e arrastões. Cada vez mais, me convenço de que a instituição só visa o lucro financeiro. Fica aqui a minha indignação por mais um serviço de má qualidade da unp. Então, é isso. Só peço a Deus que conforte a família desse senhor, e que isso sirva para alguma providência ser tomada. LUTO pelo "seu Marinho"