• Homicídios
  • 01 de Novembro de 2017 - 18:57hs

A morte de um cachorro pode ter sido a motivação para mais um homicídio em Areia Branca

Reginilson Raimundo de Pontes de 34 anos foi morto dentro de um bar no centro da cidade.

Imagem

Imagem
Reginilson Raimundo de Pontes de 34 anos

A cidade de Areia Branca registrou na tarde de hoje, 01 de novembro, mais uma morte violenta provocada por disparos de arma de fogo. O pescador aposentado, Reginilson Raimundo de Pontes de 34 anos de idade, residente na Rua Salvador, no bairro Nordeste em Areia Branca, foi morto dentro do bar de Gersinho, na Rua Duque de Caxias, no centro da cidade de Areia Branca.

A vitima tinha passagens por violência domestica “Maria da Penha” ameaças e porte ilegal de arma de fogo, mas a sua morte pode ter sido motivado pela morte de um cachorro. Segundo informações da policia, o pescador antes de ser morto, teria matado um cachorro em outro bairro da cidade.

Reginilson estava sentado ao lado de uma sinuca, tomando um copo de vinho, quando foi surpreendido por elementos que chegaram numa motocicleta. Ele foi alvejado com um disparo transfixante no braço e outro disparo penetrante próximo ao olho esquerdo e morreu no local antes do socorro medico.

Depois dos procedimentos no local o corpo foi removido e necropsiado na Unidade regional do Itep em Mossoró

4 COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

  • Cachorrão Há 15 dias

    Vai maltratar um inocente, a natureza lhe dá o troco. Quem maltrata animais deveria terminar assim sempre. Se matou o bicho, que é inocente, mereceu.

  • contra pilantra 14 dias ½ atrás

    Se ele realmente matou o cachorro então foi bem feito o que fizeram com ele também parabéns para os executores 👏👏

  • ROLUDO 14 dias ½ atrás

    2 CACHORRO MORTO.KKKKKK

  • Amante dos Animais Há 13 dias

    Nessa notícia eu só senti pena do cachorro.