Rio Grande do Norte

Antonio Palocci relata propina da Camargo Corrêa a Fátima Bezerra; governadora nega

BLOG DO CÉSAR SANTOS

Ex-ministro Antonio Palocci, em sua delação à Polícia Federal, citou Fátima Bezerra e a presidente nacional do PT, deputada Glesi Hoffmann, como beneficiadas por propina distribuída pela empreiteira Camargo Corrêa, fato que teria ocorrido em 2010.

https://defato.com/politica/85627/antonio-palocci-relata-propina-da-camargo-corra-a-ftima-bezerra-governadora-nega

A revista Crusoé, edição que está circulando, abalou as estruturas do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, ao envolver a governadora Fátima Bezerra (PT) em suposto esquema de recebimento de propina.

A publicação diz que o ex-ministro Antonio Palocci, em sua delação, citou Fátima Bezerra e a presidente nacional do PT, deputada Gelsi Hoffmann, como beneficiadas por propina distribuída pela empreiteira Camargo Corrêa, fato que teria ocorrido em 2010.

A Crusoé teve acesso ao documento em que a Polícia Federal diz que Palocci admite ter sido o responsável pela distribuição de valores ilícitos pagos pela Camargo Corrêa ao PT, por meio de doações oficiais nas eleições de 2010.

Esses recursos, segundo o ex-ministro, teriam sido direcionados a diversos candidatos do partido. Entre eles, Gleisi e Fátima, que se elegeram senadora e deputada federal naquele ano.

Segundo a revista, Palocci afirma que Gleis e Fátima “tinham plena ciência da origem ilícita das doações realizadas pela Camargo Corrêa.”

Na delação, Palocci chegou a informar que Gleisi também recebeu doações extraoficiais pagas pela OAS. Segundo ex-ministro, a petista teria recebido R$ 800 mil reais da empreiteira.

 

NOTA

A governadora Fátima, por meio de sua assessoria, publicou nota para questionar a delação de Palocci e afirmar que é inocente.

Leia a nota na íntegra:

“Sobre a delação premiada de Antônio Palocci à Polícia Federal, temos a esclarecer o seguinte:

A empresa Camargo Corrêa não fez doação à campanha da então candidata à deputada federal em 2010, Fátima Bezerra, conforme registrado no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE);

No endereço encurtador.com.br/glxE8 consta os registros de todas as pessoas físicas e jurídicas que doaram à campanha da então candidata em 2010, o que comprova que não há qualquer menção à referida empresa;

As contas foram devidamente aprovadas;

Fátima Bezerra e sua coordenação de campanha jamais trataram com a Camargo Corrêa e com Antônio Palocci, sobre a campanha de 2010 ou qualquer outra, e esperam que as informações sejam devidamente apuradas e esclarecidas.

Assessoria Fátima Bezerra."

Nenhum comentário

Comentar