Corpo encontrado no Rio Mossoró pode ser de um agricultor morador do assentamento Quixaba

CiroCiro da Silva Dantas de 36 anos de idade, residente no Assentamento Quixaba, na zona rural de Mossoró, estava preso na Penitenciaria Agrícola Mario Negócio em Mossoró, acusado pelo crime de tráfico de drogas.

A família procurou a Instituto de Medicina Legal “IML” do Itep em Mossoró, mas pelo estado do corpo, a identificação oficial só será possível, com a realização do exame de “DNA”, que deverá ser feito nos próximos dias no laboratório central do Itep em Natal.

Segundo a família, Ciro da Silva Dantas morava no Assentamento, mas passava muito tempo na casa dos amigos aqui em Mossoró. Ele teria saído da prisão, no final de semana, ligou pra casa avisando a família e não deu mais notícias.

Nenhum comentário

Comentar