Observatório da Violência do RN

Dia Internacional da Mulher: Homenagem do OBVIO Observatório da Violência

Obvio

Neste Dia Internacional da Mulher, O OBVIO – Observatório da Violência da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, tem a satisfação de convidar você para conhecer um pouco mais da violência letal contra mulheres e meninas por meio da Revista OBVIUM: OBVIUM Edição Especial 20: 10 Anos de Mortes Matadas de Mulheres e Meninas 2011 a 2020.

Como o próprio título já faz referência, apresentamos um estudo completo da vitimização letal da mulher no Rio Grande do Norte abrangendo um período de 10 anos de mapeamento de homicídios e suas congêneres: o homicídio doloso, a lesão corporal seguida de mortes, o roubo seguido de morte, as mortes decorrentes por intervenção policial e os feminicídios, sendo este último contado somente a partir de 2015 quando foi promulgada a lei do feminicídio.

A revista traz textos e análises que comtemplam múltiplos saberes dentro dessa realidade:

- Há Tempos, de Ivenio Hermes e Járvis Campos, texto sobre a demora na evolução prática de argumentos jurídicos que impactam nos julgamentos por feminicídio;

- Ensaio: Desigualdade Salarial Uma Outra Violência Sofrida Pelas Mulheres, de Ivenio Hermes, texto de alerta e reflexão sobre essa outra violência: a desigualdade salarial;

- 10 Anos De Mortes Matadas De Mulheres Meninas 2011 a 2020, apresentamos uma amplitude de recortes estatísticos, com notas técnicas de Alexsandra Bezerra da Rocha e Járvis Campos;

- A Vítima Potiguar De Feminicídio Tem Rosto!, de Kelly Matos Pereira e Jordana Cristina de Jesus, as autoras dão o aprofundamento necessário para que se conheça definitivamente qual é o perfil das mulheres vítimas do assassínio nesses 10 de mapeamento;

- Breves Considerações Sobre As Mortes Matadas de Mulheres e Meninas, de Oswaldo Negrão e Járvis Campos, os autores encerram a edição fazendo um breve apanhado sobre a realidade do Rio Grande do Norte.

OBVIUM Edição Especial 20: 10 Anos de Mortes Matadas de Mulheres e Meninas 2011 a 2020

Faça o download da revista em http://bit.ly/3ehgX6Z

Nenhum comentário

Comentar