Publicidade

Dicas para escolas. O processo de ensino e aprendizagem de pessoas com AUTISMO

karythya

Olá, sou Karythya Mayara, Psicopedagoga, graduada em Pedagogia, Pós Graduanda em Educação Inclusiva e Pós Graduanda em Transtorno do Espectro do Autismo-TEA. Sou professora de Educação Inclusiva da rede Estadual, atuo na área Psicopedagógica em Clínicas, realizo Assessorias nas escolas, palestras e oficinas. Contato: (84) 9 9696-6204

O que fazer para mediar o processo de ensino aprendizagem das pessoas com Autismo?

Iremos listar algumas dicas, para facilitar esse processo.
Além de leituras e conhecimentos específicos para trabalhar com pessoas com Autismo, é primordial além de tudo isso, conhecer o aluno.

Você conhece seu aluno?

Sabe os pontos de interesse dele?

É de grande importância sempre partir da motivação, do que ele (a) gosta de fazer, e a partir disso começar com as estratégias de aprendizagem. Pois, quando o aluno está motivado tudo se torna mais fácil.
Organize atividades com materiais concretos, como por exemplo, imagens coloridas, jogos, fantoches, use a música, se aproprie da criatividade e não esqueça de traçar os objetivos para cada tarefa a ser executada.
Dentro da escola você pode trabalhar diversas estratégias para ajudar no desenvolvimento do aluno. Estimule a participação em grupo, vínculos afetivos, autonomia, comunicação, desenvolvimento cognitivo, motor, desenvolvimento de leitura e escrita e da matemática.
Não podemos esquecer que todos são capazes de aprender. Então, a adaptação do currículo e seu cumprimento fará a diferença nesse processo.
Cada estudante tem a sua singularidade, é preciso planejamento e elaboração de atividades pedagógicas que sejam funcionais, ou seja, eles precisam encontrar sentido na aprendizagem, para que a esse processo ocorra.
Em todas as atividades é importante que a concentração seja estimulada, pois na maioria dos casos, uma das habilidades que mais impede das pessoas com o Transtorno do Espectro do Autismo em sua vida cotidiana assim como na aprendizagem, é o déficit de atenção.
Então, se você conhece alguém com Autismo, na sua escola tem alunos com esse transtorno, pesquise, estude, acredite nesse estudante, acredite em sua potencialidade, ressaltando que, os conhecimentos precisam ser específicos, pois não podemos perder as janelas de oportunidades para ajudá-los no seu desenvolvimento.
karythya03
Quer saber mais?
Posso ajudar!
Telefone: (84) 9 9696-6204
Psicopedagoga Karythya Mayara
Instagram: psicopedagogakarythyamayara
Fan page: psicopedagogakarythyamayara

Comentar