Homicídios Mossoró

Dono de lava a jato é morto a tiros no muro de sua residência na Maísa

 

maisa

Aldivan Patrício de Oliveira, “Nem do lava jato”, de 31 anos de idade,  foi morto a tiros dentro do muro de sua residência na quadra 08 da Vila Central da Maísa, zona rural de Mossoró. Segundo informações da policia, ele foi surpreendido por dois homens que chegaram ao local numa motocicleta e sem qualquer discussão, dispararam cerca de quatro vezes contra ele que morreu no local.

A policia não confirma, mas existe a informação que “Nem do lava jato”, teria tido uma desavença com alguns elementos na região da Maísa e que essa desavença pode ter sido a motivação para a sua morte na manhã de hoje.

Mossoró registra na manhã deste Sábado, 11 de janeiro, o primeiro crime de homicídio, depois de uma aparente tranquilidade.

Após a chegada das equipes do ITEP (Instituto Técnico e Científico de Perícia) e da delegacia de policia civil de plantão, foi possível identificar que o calibre da arma utilizada trata-se de uma pistola 380 e que  a vítima recebeu quatro disparos, sendo dois tiros transfixante na cabeça e outros dois na região abdominal.

01/2020

 

Nenhum comentário

Comentar