Homicídios

Jovem encontrado morto dentro de casa na favela do cachorro assado pode ter sido vítima de latrocínio

Alysson

Bruno Álysson do Nascimento Alves, de 32 anos de idade, foi encontrado morto, com um fio enroscado no pescoço, dentro de casa, na Rua Emílio Castelar, na conhecida favela do cachorro assado, no bairro Barrocas em Mossoró.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência, Samu foi acionada na manhã desta terça-feira, 05 de abril, para checar a situação de vida de um homem encontrado desacordado dentro de casa. O médico que atendeu a ocorrência acredita que a vítima não tenha se matado.

Segundo informações, repassada pelo Delegado Rafael Arraes, da Delegacia de Homicídios de Mossoró, a perícia criminal comprovou que Álysson foi assassinado por estrangulamento, “asfixia por constrição do pescoço da vitima”. O criminoso utilizou um fio "cabo de energia" para enforcar a vítima até a morte.

A policia não descarta o crime de latrocínio “roubo seguido de morte. Segundo informações recebida pela polícia, Bruno Álysson estava reformando uma casa de sua propriedade e policia acredita que o mesmo poderia está guardando algum dinheiro. Antes de ser dominado e morto, ele teria lutado com o criminoso, dentro de casa.

A polícia também recebeu informações, que por volta das 22h de ontem, 04, Álysson teria recebido uma visita de uma pessoa que não foi encontrada. O delegado espera que em alguma residência da rua exista câmera de segurança e com a utilização das imagens possa identificar e prender o assassino.

Bruno Álysson do Nascimento Alves foi a vítima de número 40 de Conduta Violenta Letal Intencional, “CLVI’s” em 2022, na cidade de Mossoró.

Alysson Barrocas

 

Comentários

cliciamaria103…
Deus der força a essa família ,q o senhor de receba de braços a Berto
Sou pela o que…
SÓ digo uma coisa .quem fez não ficará inpune.porque esse cidadão era bastante conhecido.

Comentar