Homicidios

Motorista de uma empresa de engenharia pode ter sido morto por engano na cidade de Areia Branca

 

José Felix José Antonio Félix, motorista, de 38 anos de idade, residente numa rua projetada na Praia de Upanema, em Areia Branca, foi morto com tiros nas costas e na cabeça na calçada de uma residência, na Rua Machado de Assis, no centro da cidade de Areia Branca, no início da noite de sexta-feira, 05 de março.

Segundo registros, José Félix trabalhava como motorista de uma empresa de engenharia. A policia desconhece qualquer envolvimento da vítima com ilícito e não descarta a possibilidade dele ter sido morto por engano. A policia acredita que o alvo dos criminosos seria outra pessoa que estava a poucos metros, noutra calçada, usando roupas semelhantes. José Félix chegou ao local, usando uma camiseta do flamengo e um short escuro.

José Antonio Félix foi alvejado várias vezes e sem qualquer chance de defesa morreu no local, antes do socorro médico. A policia militar de Areia Branca fez o trabalho de isolamento do local do crime para a realização dos procedimentos de perícia das equipes da Delegacia de Plantão de Mossoró e do Instituto Técnico-Científico de Perícia, Itep, para onde o corpo foi removido para exames de necrópsia.

Nenhum comentário

Comentar