Noticias da Região

Ossada humana encontrada dentro de fossa em Afonso Bezerra pode ser de uma mulher desaparecida há 34 dias

Dalvani

A prisão de dois elementos pode ter sido o fim da agonia da família de Dalvani dos Santos Souza, natural de Afonso Bezerra de 39 anos de idade, que estava desaparecida há 34 dias.
 
DalvaniNo início da noite de segunda-feira, 14 de junho, a polícia militar da cidade de Afonso Bezerra, com o apoio da polícia militar de Assú, prendeu dois elementos que confessaram o crime e apontaram o local onde teriam colocado o corpo da vitima.

Werneck César Linhares Santos, “Pimentinha” de 34 anos e Djadson Vieira dos Santos, “Dede” de 34 anos, natural de Afonso Bezerra, confessaram a polícia, que mataram a moça e jogaram o corpo dentro de uma fossa no quintal da residência de um familiar de Pimentinha, localizada na Rua Professor Manoel Januário.

Os acusados ainda confessaram a polícia, que parte dos ossos já havia sido retirado da fossa, colocado em sacos e jogados no lixo. A equipe de plantão no Itep em Mossoró, foi acionada e no início da manhã de terça-feira, 15 de junho, com apoio de uma equipe do Corpo de Bombeiros de Mossoró, uma pequena parte dos ossos da mulher foi retirada da fossa e no final da tarde, o restante da ossada foi localizada, pela polícia, dentro de um saco plástico, no quintal de uma residência, na Rua Antonio Pedro, a pouco mais de 100 metros da residência, onde o corpo teria sido colocado.

Todo material foi recolhido para ser examinado no Itep em Mossoró e apesar das evidências, o reconhecimento dos restos mortais só deverá ser feito oficialmente, através de exames de DNA.

Dalvani

 

Comentar