Delegacia de Assú

Polícia Civil de Assú elucida o assassinato de Júnior Sena e, em ação conjunta com a Polícia Militar do 10° Batalhão, prende os envolvidos

Polícia Civil de Assú elucida o assassinato de Júnior Sena e, em ação conjunta com a Polícia Militar do 10° Batalhão, prende os envolvidos no caso.

As Polícias Civil e Militar de Assu-RN, no dia 23/05/2019,  sob os comandos do Delegado Dr. Paulo Pereira e do Coronel Assis Santos, do 10° BPM, deflagraram a operação JANO. Na ocasião, foram presos, por força de mandado de prisão temporária:

-Janeilton Ferreira da Fonseca, com 18 anos de idade, réu confesso do crime de latrocínio, praticado contra a pessoa de Junior Sena, na madrugada do dia 09/05/2019, em Assu-RN;

- José Jadson Coelho Martins, de 25 anos de idade, também réu confesso pelo latrocínio praticado contra a pessoa de Junior Sena;

-Jallyson Kenedy Vitorino da Silva, de 26 anos de idade, pelo crime de receptação, já que ele havia comprado o aparelho de telefone celular roubado, de Junior Sena, que estava sob o poder de Jadson Coelho;

E Bruno Lima de Araújo, vulgo BRUNO BOROCOCHÔ, de 24 anos, acusado e réu confesso de práticas de assaltos na cidade de Assu-RN, inclusive da Panificadora de Toinho Albano, no bairro do IPE, no do 03/04/2019, às 19h, juntamente com o comparsa Janeilton. Os quatro acusados serão encaminhados para o sistema prisional do Rio estado do Grande do Norte, onde ficarão à disposição da justiça

A operação foi planejada minuciosamente e teve 100% de êxito. O nome dado à operação - JANO - faz menção ao Deus da Paz, na mitologia grega, e foi escolhido como forma de desejar paz à família de Junior Sena, bem como à toda população do Vale do Assu.

A Polícia Civil de Assú pede para que a população continue enviando informações, de forma anônima, por meio do disk denúncia, pelo número: 99992-2122.
 

Assessoria PC Assú

Nenhum comentário

Comentar