Homicidios

Popular encontrado morto em Macau é identificado através de matéria postada "no Câmera"

Macau

A frase:

  • Mãe, posso não demostrar de maneira correta, mas saiba que eu te amo mais de que a minha própria vida", tatuado do lado esquerdo, na região abdominal, é uma homenagem do Paraibano Adriano Rodrigues Xavier, de 35 anos de idade, a sua mãe "Analice", já falecida. 

Adriano foi encontrado morto na manhã de sexta-feira, 08 de janeiro, dentro de um rio, numa região de preservação ambiental da salina Henrique Lages, na cidade de Macau, no Rio Grande do Norte.

A família de Adriano, que mora em Campina Grande, na Paraiba, tomou conhecimento da sua morte através da reportagem do site "O Câmera". Segundo informações da família, faz 10 anos que o mesmo saiu da Paraiba para o Rio Grande do Norte e morava na cidade de Macau. A família não tem conhecimento de algum tipo de envolvimento de Adriano Rodrigues Xavier, com algum ilícito no RN. Na Paraiba ele teve problemas com a justiça, com passagem pelo sistema prisional.

A família foi informada de como proceder para a liberação do corpo e já fez contato com o setor de identificação do IML do Itep em Mossoró. 

Macau

 

Comentar