“Senhor das armas” é preso com fuzil, metralhadora, pistola e carro blindado.

Senhor das armas

Esterivar Ferreira de Lima “senhor das armas” natural de Moreilândia em Pernambuco de 43 anos de idade e Makson Felipe de Menezes Pereira “playboy das armas” natural de Natal, no RN de 33 anos, foram presos em flagrante delito, no bairro de Candelária, em Natal/RN, negociando um fuzil AR10, calibre 7,62, com 03 carregadores e 157 munições do mesmo calibre, além de uma Metralhadora Luger 9mm, uma pistola Glock, calibre 9mm, com seletor de rajada e 03 carregadores.

Policiais Civis da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado - DEICOR, com apoio da DEPATRI/PCPE E SERES/PE, deflagraram uma operação na noite de ontem (11/05/2021), e que se encerrou na noite de hoje, (12/05/21), com a prisão de dois vendedores de armas de grosso calibre.

Na diligência também foram apreendidas 11 munições de fuzil calibre 5,56 e 02 veículos de luxo, sendo ambos blindados. 

Tanto ESTERIVAR, quanto MAKSON, são considerados como pessoas que mais comercializam armas de grosso calibre, sendo o ESTERIVAR no nordeste e o MAKSON na grande natal.

ESTERIVAR tem contra si 16 processos criminais, nos Estados de Pernambuco, Ceará e Rio Grande do Norte, todos relativos ao comércio ilegal de armas de fogo de grosso calibre.

MAKSON, que é atirador, também comercializa de forma ilegal armas de grosso calibre e munições diversas, ou seja, ele vende fuzis e metralhadoras para criminosos que atuam no novo cangaço e em facções.

Com essa apreensão, a DEICOR já soma 07 (sete) fuzis apreendidos só nos 05 primeiros meses do ano.

A DEICOR vai continuar com as investigações para identificar e prender outros criminosos envolvidos com o comércio ilegal de arma de fogo aqui no Estado. 

A Polícia Civil pede para que a população continue enviando informações de forma anônima, através do disque denúncia 181, disque DEICOR (84) 3232-2862 ou ZAP DEICOR (84) 98135-6796.

Senhor das armas

"Para combater o crime, a qualquer hora e em qualquer lugar, DEICOR!"

Nenhum comentário

Comentar