Universidade demite professor que perguntou se aluna vai levar lubrificante 'quando for estuprada'

Professor

O professor do curso de medicina que perguntou a uma aluna durante a aula que se ela levaria consigo um vidro de lubrificante quando fosse estuprada foi demitido da universidade em que lecionava neste sexta-feira (26). O Centro Universitário Metropolitano da Amazônia (Unifamaz), em Belém, emitiu comunicado informando que o docente não faz mais parte do quadro de profissionais.

A situação ocorreu em 17 de novembro, mas o vídeo com um trecho da situação repercutiu nas redes sociais nesta quinta-feira (25).

A Polícia Civil informou nesta sexta-feira (26) que investiga o caso como importunação sexual e o Conselho de Medicina instaurou um procedimento administrativo.

Em nota, a Unifamaz disse ainda que “refuta com veemência qualquer atitude que viole o bem-estar da comunidade acadêmica e reforça seu compromisso com a formação de cidadãos éticos, portanto, repudia qualquer tipo de ato de assédio contra a mulher ou contra qualquer ser humano”.

Fonte: 98 FM/Portal Grande Ponto

Comentar