A violência homicida volta a crescer em 2022 e o mês de julho termina como o mais violento em Mossoró.

Até o dia 31, Julho registrou 20 assassinatos, sendo 01 feminicídio e é considerado o mês mais sangrento de 2022.

Julho 2022

O Câmera registra diariamente as principais ocorrências com ações violentas na região oeste do Rio Grande do Norte e a partir de 2011, todos os registros com mortes violentas, por alguma forma de homicídio, às chamadas Condutas Violentas Letais Intencionais “CLVI’s” na cidade de Mossoró.

Com 96 mortes, de janeiro até ontem, 31 de julho, o ano de 2022, passa a ser mais violento de que 2021, que registrou 95 assassinatos no mesmo período.

 O caso de um feminicídio foi registrado na manhã de sábado 16 Julho, na Rua Marcos Luiz de Queiroz no bairro Aeroporto II, “Quixabeirinha”. Ana Carolina Ferreira de Oliveira, de 22 anos de idade, foi morta pelo seu ex-companheiro.

Outro caso interessante: Muitas das vítimas tinham algum envolvimento com a justiça, com passagens pelo sistema prisional e alguns em liberdade, mas ainda utilizando a tornozeleira. 

Condutas Violentas Letais Intencionais é a designação criada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), para a categoria de crimes de homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte e roubo com resultado morte, esse último também conhecido como Latrocínio.

Julho 22

 

Comentar